sábado, 31 de janeiro de 2009

Teorema da incerteza

Bem vindos ao meu mais novo projeto. Esta é a terceira tentativa de compartilhar o que me vem à cabeça, a qualquer momento da vida. Espero que seja a primeira vez que eu poste mais de duas vezes :P

Aqui, não encontrarão nada de excepcional. Vou falar sobre os assuntos que me apetecerem no momento: de pokemon a coisas do coraçao, do meu trabalho a novidades que eu vejo na rua.

Hoje, estou excepcionalmente inclinado a falar sobre física quântica (acostumem-se: sou uma pessoa nerd eclética), mas cabe uma explicação pré-post.


Eu estou tendo um relacionamento com uma pessoa. Não foi a primeira desde minha vida passada (situando os que não sabem/me conhecem: meu estado civil atual é ex-noivo - de ter apartamento comprado e tudo). Mas foi a primeira relação na qual eu estou me sentindo muito feliz.
Essa pessoa (chamá-la-ei de K) é quase um espelho meu. Gosta de náites, de praia, sair com os amigos, tudo. Até de videogame ela gosta :-P.


Para aqueles que não sabem, existe um ramo da física conhecido como física quântica. Sem maiores delongas, em física quântica existe algo chamado de teorema da incerteza. Basicamente ele diz que as partículas subatômicas se comportam de forma diferente quando observadas.
Meu ponto é: por que os físicos precisaram formular isso para as partículas subatômicas quando o mesmo ocorre com os seres humanos??

(explicação a seguir)

Um comentário:

  1. quase pq vc torce pra esse time feioso e nasceu XY.. hahahahaha

    ResponderExcluir